.

Câmara debate estiagem em Canguçu com entidades

18 de fev de 2012

A sessão especial realizada nesta quinta feira (16/2), na Câmara de Vereadores de Canguçu, teve como discussão as ações emergenciais de combate à estiagem, que vem afetando o município. Participaram a Câmara de Vereadores, Prefeitura Municipal, Emater/RS-Ascar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Defesa Civil.

A situação de emergência decretada no município visa amenizar os problemas dos agricultores. Segundo o presidente do Sindicato dos trabalhadores Rurais de Canguçu, Pedro Adão Schiavon, os agricultores querem a resolução do problema e não viver de Bolsa Família. “Queremos auxilio para implantar sistemas de irrigação nas propriedades.’’ Para os técnicos e entidades participantes, a situação é grave. Muitas lavouras foram atingidas, principalmente as de milho, que estavam em época de floração.

A Defesa Civil disponibilizou recurso de R$ 51.900,00 para garantir água e segurança alimentar aos produtores atingidos. A Emater/RS-Ascar, por meio do convenio firmado com a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, esta executando um conjunto de ações em parceria com os municípios para minimizar os efeitos da estiagem. A Instituição já apresentou a prefeituras e ao Estado as informações necessárias para as tomadas de decisão. “Estamos agora tratando especificamente das ações para a agricultura familiar”, destacou a gerente regional da Emater/RS-Ascar, Karin Peglow.

A Prefeitura também tem participado das ações de combate com a ajuda de grupos montados com equipamentos necessários para a abertura de poços artesianos. Segundo o prefeito Cássio Mota, 800 cestas básicas já foram disponibilizadas para as famílias que vivem da agricultura. Mas ele afirma que é necessário criar redes que levem água até os poços, pois muitos não chegam ao lençol freático.

O Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Canguçu, tem colocado em prática várias ações direcionadas aos cuidados com a água em situações de seca. Entre as frentes emergenciais estão os programas do Governo Estadual para irrigação, acompanhando a construção de açudes nas propriedades rurais, e também o Milho Balcão, que visa suprir as necessidades de milho para a alimentação animal. Além disso foi realizado levantamento das localidades mais atingidas pela falta de chuva e do número de famílias quilombolas existentes no município – que receberam no inicio do mês 267 cestas básicas.

Assessoria de Imprensa Regional Pelotas
Foto: Marco Medronha

0 comentários:

 
Câmara Municipal de Canguçu © 2013 | Designed by Interline Cruises, usando a plataforma Blogger.