.

Vereador participa sobre reunião de energia eólica

21 de out de 2011

Ubiratan (de pé a direita, de vermelho) presente na reunião.
Foto: Augusto Pinz
O Vereador Ubiratan Rodrigues (PP) participou de importante reunião sobre energia eólica no município de Canguçu. Diretores da Empresa EPCOR- energia (responsável pela execução inicial do Projeto de Futuro Parque Eólico em Canguçu, com o prefeito Cássio Mota e com vários proprietários de áreas rurais, ao redor da Torre Anemométrica de Medição dos Ventos, a qual foi instalada há seis meses, na região da Florida-2º distrito de Canguçu. O Dr. Nilo Quaresma, da EPCOR ressaltou a sua crença no projeto, a partir da instalação da Torre, em maio de 2011, uma vez que desde então as medições da velocidade dos ventos na área, são nos índices mais significativos, tudo levando a crer que o Parque Eólico de Canguçu será uma realidade dentro de 2 e meio a 3 anos. Nessa fase, está sendo feito o contato com proprietários localizados numa área de até 10 km ao redor da torre, e que poderão aderir ao processo de produção de energia. A expectativa é de que se produza aqui por volta de 100 Megawatts de energia, num investimento de R$ 400 milhões de reais, todo ele pela própria empresa EPCOR – energia. Isso, segundo ele representará um desenvolvimento, a partir do retorno de ICMs (da produção de energia), altamente significativa para o Município, significando um salto de desenvolvimento. É um processo de produção de energia limpa, que representa algo significativo no cuidado com o meio ambiente, no Planeta, fator primordial da atenção nesse aspecto que hoje norteia a comunidade mundial. Cada Aero - Gerador deverá ocupar um espaço de 10 m X 10 m, num raio de 50 hectares de área, em cada propriedade, no entanto essa área seguirá sendo usada normalmente pelo proprietário com a atividade rural de sempre, apenas os 10m X 10m serão totalmente fechados. Proprietários com menos de 50 hectares, poderão se reunir em grupo, para também usufruir do projeto, se houver interesse comum. Na reunião foram prestadas todas as informações básicas, inclusive, a de que o investimento do proprietário é zero, todo o equipamento e instalação do Aero – Gerador fica a cargo da empresa. Ao longo do tempo os proprietários começarão a colher dividendos dessa produção de energia. Toda a documentação será assessorada pela área jurídica da EPCOR. No dia 27 de outubro, vindouro a empresa estará com sua Assessoria, novamente na Casa de Cultura recebendo a documentação dos proprietários interessados, para os devidos encaminhamentos.

0 comentários:

 
Câmara Municipal de Canguçu © 2013 | Designed by Interline Cruises, usando a plataforma Blogger.