.

CGCS debateu participação no estatuto da EGR

22 de jun de 2012

O Comitê Gaúcho de Controle Social (CGCS) esteve reunido na quarta-feira (20) para formar um grupo entre os componentes que irá ser recebido por um representante da Casa Civil para tratar da participação do comitê na formulação do estatuto da Empesa Gaúcha de Rodovias (EGR). Outro tema importante foi a contratação de uma consultoria para avaliação e auditoria da situação dos pedágios no estado. Com a aprovação da EGR o comitê entende que não há necessidade de realizar um gasto neste sentido, sendo feita uma nova licitação para contratar uma empresa que possa fazer apenas um levantamento de engenharia da situação das estradas, já que as mesmas devem ser devolvidas, no mínimo, como foram entregues. O Ministério Público de Contas já está acompanhando esta questão.
Vereador César Madrid. Fotos: Augusto Pinz
Durante a reunião o presidente do Comitê, Luiz Eduardo Amaro Pellizzer, lembrou que o objetivo das reuniões é a defesa da sociedade e a presunção absoluta na seriedade do governo. Até 30 de junho devem ser definidos os representantes de diversas entidades para acertar a formatação do estatuto da EGR. O presidente da SETCERGS, José Carlos Silvano, que também integra o comitê, debateu ao lado do vereador de Canguçu, César Madri (PP), a questão do pólo de Pelotas com o comando da ECOSUL. "A questão da ECOSUL é tão complicada, ou até pior, do que as rodovias estaduais", disse, revelando que o SETCERGS está procurando alternativas judiciais contra o contrato da empresa. O Vereador César Madrid, que representa a região, lembrou que a troca de informações entre agentes de diversas entidades é salutar para a construção de alternativas para melhorias regionais. Madrid pretende divulgar mais as ações do comitê na região para fortalecer a entidade com a presença de mais pessoas da Zona Sul.

RS 010
Na mesma data a Assembleia Legislativa gaúcha, através da Comissão Mista de Participação Legislativa Popular, realizou, na quarta-feira (20), audiência pública sobre a construção da RS-010, principal rota alternativa a BR-116, que é atualmente a rodovia mais congestionada do RS. No encontro foi definido que o órgão técnico solicitará ao governador Tarso Genro que receba uma comitiva de deputados e de representantes de entidades para tratar da necessidade urgente do início das obras da nova rodovia. O Vereador César Madrid acompanhou, ao lado dos representantes do Comitê, esta audiência.

0 comentários:

 
Câmara Municipal de Canguçu © 2013 | Designed by Interline Cruises, usando a plataforma Blogger.