.

Vereador busca respostas junto a ANTT

21 de jul de 2010

O vereador João Luis Mendes Sodré (PDT), o João Durão,  enviou um pedido de informações, para a Agência Nacional de Transportes Terrestes (ANTT), solicitando revisão nos valores do pedágio localizado na Glória - 1° distrito, bem como, liberação de cobrança de "eixos erguidos" nos veículos de carga.
Vereador João Durão (PDT)

Em resposta a ANTT informa que o valor da cobrança é calculada levando em conta diversos fatores além do contato com pneus e o solo. O Serviço de resgate, apoio mecânico, reboque, atendimento médico de emergência, sinalização, manutenção geral da rodovia, capina, implantação de novas tecnologias rodoviárias, preservação do meio ambiente, custos que são arrecadados pelos usuários.
Como a composição do valor da tarifa é alcançada pelo conjunto de fatores, a ANTT justifica que não pode ser desconsiderado o equilíbrio econômico-financeiro do contrato, sendo que os próprios usuários que iriam acabar pagando ainda mais. Ainda segundo a ANTT, não cobrar o eixo que trafega levantado afetaria este equilíbrio.

INFORMAÇÕES NO DAER
Preocupado com o mesmo tema, o vereador Gérson Nunes (PT) entrou com pedido de informações ao DAER sobre o contrato vigente com a empresa que administra o pedágio.O Vereador pede cópia do processo de concessão da praça de pedágio da BR 392.
Os fatos envolvendo a ECOSUL e a comunidade da região do pedágio, com a colocação de barreiras em estradas que serviriam de desvios do pedágio e que os moradores utilizam para escoamento da produção, também preocupam o vereador. O requerimento foi aprovado e agora a Câmara aguarda resposta.

0 comentários:

 
Câmara Municipal de Canguçu © 2013 | Designed by Interline Cruises, usando a plataforma Blogger.